Viagens = Post Cards

Boa noite!!

Hoje, estava me perguntando se minha memória para contar histórias é boa. O fato é que não ): Meu cérebro não guarda o tanto de coisas que eu gostaria, e geralmente eu escrevo cadernos inteiros com ideias, histórias do cotidiano e assuntos de sala de aula para me lembrar. Como minha memória é muito visual, eu tento representar em imagens o que eu preciso lembrar! Por isso, em todas as minhas viagens, cartões postais são minha escolha para trazer do meu inconsciente meus passeios.

postcards1

Da esquerda para direita, de cima para baixo: Paris-vários pontos turísticos, Holanda, Genebra (onde comprei o postal), Budapeste, Madrid, Verona, Paris-Louvre, Paris-Moulin Rouge, Berlim (1989)

Se você já viajou, deve ter se encantado com lojas e mais lojas de souvenirs. Bons presentes são achados lá. Tanto para os outros como para você mesmo. Adotei a compra de postais, pois são baratos em qualquer lugar, não ocupam espaço, são fáceis de guardar e achar, e trazem uma imagem (que com certeza vale mais que mil palavras).

Só venho trazer essa dica: escolha um souvenir barato para comprar em todos os lugares que você for. Se alguém quiser ouvir sobre uma viagem, é só sacar seu souvenir e muita coisa vai surgir em sua mente. É mágico *-*
Pode escolher entre post cards, ímãs de geladeira, chaveiros, pins… O importante é deixá-los em algum lugar, onde você possa ver quando quiser e ter nostalgias.

Nessa coleção, tenho aproximadamente 83 postais. Eles me mantêm ocupada, recordando, por alguns bons minutos. Adoro essa saudadezinha.

Esse post faz parte da Miscelânea. Não tem compromisso com a lógica.

Header image: Estátua de Dante Alighieri, em Florença – Itália

~ Maíra Azevedo
23.07.15 / Dia nublado e quente

Anúncios