50 Fatos Sobre Mim

Boa tarde para quem está em Tocantins, boa madrugada para quem está no Japão

Ah, o sábado. Sempre me inspira a falar mais besteiras e coisas inúteis. E nada melhor que falar sobre 50 fatos aleatórios sobre mim – e que ou todo mundo vai ler rapidamente, ou vai detestar.

O início desse post está na página Sobre Tudo, no cabeçalho do blog. Como os tópicos fluíram bem enquanto eu digitava, resolvi fazer 50 deles, pois existe uma TAG semelhante. Eu não fui indicada para respondê-la, mas acho curioso ler de tanta gente, que resolvi fazer o mesmo.

Começando:

  1. Adoro jóias, quanto mais trabalhada melhor. No entanto, tenho receio de usar, pois geralmente não sei se as pedras vêm de um país miserável ou não e se o dinheiro está pagando bem seus trabalhadores.
  2. O mesmo vale para roupas fabricadas na Ásia (ou em qualquer lugar com condições ruins de trabalho para os costureiros). Desde o ínicio de 2015, eu tento comprar apenas em lojas que não foram acusadas de forçar trabalhadores a costurarem em condições ruins.
  3. Meu armário não é cápsula, mas gostaria de testar essa transformação nele.
  4. Ainda não tenho uma especialidade médica preferida.
  5. Nunca trabalhei (ou seja, nunca ganhei dinheiro por um serviço prestado).
  6. Só começarei a pensar em ter um filho depois de me casar. E só vou me casar com alguém que respeite minhas opiniões e saiba que minha inteligência é meu maior atributo (minha mente não para).
  7. Quase sempre pergunto o porquê das coisas.
  8. Tenho fobia de agulhas – e faço medicina. PARABÉNS!
  9. Prefiro muito mais uma rotina de trabalho/estudos calma que uma cheia de sobressaltos.
  10. Um convite para um almoço ou para lanchar é o melhor que posso receber.
  11. Nunca sento à mesa se não for convidada.
  12. Eu cumprimento um desconhecido ou com um aperto de mão ou com um sorriso e reverência com a cabeça. Com alguns amigos, aprendi que certas pessoas não se sentem confortáveis com abraços e beijos, então criei essa “pequena distância”.
  13. Tenho 3 canetas bico-de-pena, mas não posso usar na faculdade por medo de a tinta escapar e “pintar” todo o meu material.
  14. Sou feminista, tenho simpatia com o comunismo e o anarquismo (sociedades sem governo… ou utopias), e acredito que o budismo seja uma ótima filosofia de vida.
  15. Aprendi a comer sushi com 6 anos de idade (2001), antes que fosse creamchesse ou fritura. A usar o hashi, aprendi com 10 anos. No entanto, adoro as novas criações brasileiras, como o temaki.
  16. Meu estômago é meu órgão-alvo do estresse, portanto um incentivo a não ser ansiosa – ele dói muuuuito quando fico muito estressada.
  17. Sinto cólicas todo mês, mas nunca TPM.
  18. Sempre serei fã d’Os Simpsons.
  19. Sonho em morar em uma casa com um jardim grande, mas ainda não sei cuidar de plantas.
  20. Biologia e Química eram minhas paixões no colégio (sim, só elas. Meninos não). Continuam sendo hahahaha
  21. Tenho uma “pulseira” vermelha do Senhor do Bonfim desde 2013. Ela representa meus ideais esquerdistas.
  22. Sou leitora de blogs desde 2006. Apesar de nunca ter feito um blog antes, eu sei como foi a mudança da blogosfera. Devo dizer que gostei de ver conteúdos diversificados, além das experiências pessoais dos autores.
  23. Adoro plantas e animais.
  24. Quando tinha 7 anos, me imaginava como uma Bióloga, explorando o pantanal e a floresta amazônica. Quando tinha 11, me imaginava uma veterinária. Quando completei 14, decidi medicina, pois foi quando aprendi mais sobre ideais políticos e bem estar social.
  25. Já pensei em transformar arte em trabalho, mas em pouco tempo desisti.
  26. Já conheci lugares muito legais fora do Brasil, e no momento quero conhecer melhor as capitais do país.
  27. Entre salgado e doce, eu prefiro comer o salgado e tirar foto do doce.
  28. Não tenho gosto musical definido. Minhas bandas preferidas são: Rammstein, Happoradio e The Radio Dept. O critério que uso é: dificuldade em achar uma música que eu não goste.
  29. Meus filmes favoritos são: O Poderoso Chefão (Trilogia), pela história, fotografia e misto de calma e violência; Maria Antonieta (2006), pela incrível fotografia e músicas modernas num cenário da nobreza do século XVIII; Valsa com Bashir, por ser um documentário brilhante, com uso de técnicas de desenho e trilha sonora maravilhosas; Titanic, pela história estilo Romeu e Julieta e pelo misto de emoções nos atos; Shrek (os 4), pelas histórias criativas e personagens com personalidades reais e bem feitas.
  30. Não consigo acompanhar novelas. A única que gostei, no entanto, foi Gabriela (2012).
  31. Gosto muito de maquiagem e acessórios vermelhos, mas só tenho uma blusa da mesma cor.
  32. Já tive uma época de usar muito preto, mas hoje em dia eu não consigo (só a calça). Não sei explicar o porquê.
  33. Gosto de grifes, mesmo sem ter condições de pagar por um produto delas.
  34. Tenho medo de montanha-russa. De coisas rápidas. E de altura.
  35. Tenho 1,55m. A genética da minha família é nessa média.
  36. E mesmo sendo baixinha, eu não uso salto. Em festa, é sapatilha. Em shopping, é sapatinha. Na faculdade… tênis.
  37. Geralmente, não faço lanches. Só café da manhã, almoço e jantar.
  38. Eu visito tanto restaurante de sushi e de temaki, que já descobri qual a média de preço dos pratos que eu gosto mais. Eu viro cliente não do mais caro, mas daquele que não exagera no vinagre do arroz.
  39. Não gosto de mudar meu cardápio diário. Arroz, feijão, vitamina e sopa são permanentes. O resto muda muito pouco.
  40. Gosto de restaurantes italianos mais pela ambientação que pela comida em si.
  41. Já tive contato com 5 línguas estrangeiras diferentes, contudo só me considero capaz de me comunicar em 3.
  42. Estudar idiomas é um hobby para mim.
  43. Adoro ter português como Língua-Mãe. Porque sim (:
  44. Entre ser ética e perder um amigo, prefiro ser ética.
  45. Já fui excluída de alguns grupos de amizade. Hoje, faço questão de ter poucos ao meu lado.
  46. Antes, eu era arrogante por ter notas aulas no colégio. Hoje, vejo que valem muito menos.
  47. Nunca falo sobre maquiagem porque sei muito pouco a respeito.
  48. Balanço sempre foi minha preferência na infância. E deitar numa rede também.
  49. Meu primeiro contato com o mundo digital foi com o computador Macintosh… da década de 90.
  50. Uso photoshop desde os 11 anos (2006). Aprendi HTML básico com 13 (2008). Já tive dois canais no youtube -com personagens que criei- entre 2008 e 2010. A Dama Aprendiz é o meu primeiro blog (2015).

____________

Para aqueles que podiam estar curiosos a respeito de mim, agora têm mais o que ler sobre.

Esse post também serve para nós, autores, pois força a pensar a respeito do que achamos que somos.

cheeeeee

Qualquer dúvida ao meu respeito, apenas olhe essa imagem. E fim.

~ Maíra Azevedo
22.08.2015 / Dia muito ensolarado

Anúncios

4 comentários sobre “50 Fatos Sobre Mim

  1. Hahaha adorei! Eu sou uma pessoa bem curiosa então adoro ler mais sobre os outros :))) você parece ser uma baixinha bem inteligente hahah eu gostava bastante de comida japonesa mas depois de um tempo, enjoei.
    Beijo, bom sábado! :*

    Curtido por 1 pessoa

Os comentários estão desativados.