Dicas: Puramente Instagram

Boa noite, Leitor!

Você tem um Instagram, mas de vez em quando se frustra por não postar regularmente uma foto inspiradora sua, ou vê que os seguidores usualmente somem após algumas horas, ou quer deixar de usar efeitos de luminosidade e cor nas fotos, mas não consegue. Esses são apenas alguns dos sentimentos de muitos usuários desta rede social.

Desde que criei o A Dama Aprendiz, fiz uma conta no insta para ajudar mais na busca por conteúdo fácil de moda que pela divulgação em si, contudo também percebi como cada indivíduo se comporta lá. Em resumo, o principal é não criar expectativas, mas como?

Veja algumas observações, e leve-as consigo para pensar enquanto está no chuveiro.

___

1. Não espere que todo dia você terá uma foto original (ou seja, feita por você) para postar.
É difícil ver várias fotos lindas de comidas (hmm), viagens, roupas etc., querer chegar ao mesmo nível, até conseguir um dia, mas no resto da semana não lançar mais outras parecidas. Não é sua culpa, a questão é que a vida é mais rotina que aventura, e geralmente vivemos com o trabalho cheio de papéis, almoço arroz com feijão e um trânsito no final do dia. A vida é divertida e tão feliz quanto as fotos do Insta, mas se não dá para mostrar isso sempre, por que forçar?

instaa2
Às vezes, teremos fotos assim. Às vezes, não.

2. Muitos instagrams são formados por fotos de outras fontes.
Não há mal algum você repostar uma foto que achou bonita e/ou inspiradora. A corrida por querer ser sempre original e inovador não é real, creio eu. Sempre há o incentivo para mostrar sua personalidade em tudo o que você faz, mas num meio como o Instagram, as ideias vivem se repetindo: são as inspirações. Repito: não se culpe se suas expectativas não correspondem à realidade. Cada um tem seu modo de participar do instagram. Caso queira repostar uma imagem de outra fonte, faça isso. Caso queira testar um ângulo novo, faça também.

instaa3
Quanto mais imagens vejo, mais inspirada fico.

3. Há seguidores “bons” e “ruins”.
Eu aprendi a identificar um seguidor que está interessado em meu conteúdo e aquele que quer mostrar seu usuário e depois de 1 hora parar de seguir. Você tem que pensar nos gostos em comum, qual o interesse da conta, e isso pode dar uma ideia sobre o que desejam. Não criar expectativas em relação a eles é o melhor a se fazer.

instaa4
Qual o grande motivo de você aparecer, se em pouco tempo vai embora? /physollofya prophunda/

4. Não só aprendi, como decorei os nomes de alguns deles.
Quem visita o instagram todo dia por mais de 2 horas já incorporou vários nomes de usuários que gosta. E se sua conta ainda é nova e tem pouca gente seguindo, os nomes daqueles que seguem-e-deixam-de-seguir são decorados também. Tem usuário que me seguiu, eu não segui de volta, parou de seguir e voltou a seguir algumas semanas depois… Fazendo isso agora, enquanto eu escrevo. Lojas inclusas. Apenas parem.

instaa5
Qual a necessidade disso?

5. “Regras” de luz e de ângulo de foto podem servir de maneiras diferentes para cada pessoa.
Eu me tomo como exemplo. Já ouvi de uma blogueira que gosto muito que tirar foto com a luz batendo em você é muito bom. Para mim, não serve… Os efeitos na pele não me agradam. E sobre o ângulo, eu tiro foto de ângulo baixo-para-cima e me sinto melhor que o de cima-para-baixo. Cada pessoa tem suas características e seus gostos, e precisa explorá-los. Antes de obedecer regras, reflita se não há uma diferente e específica para você!

instaa6
Cada um tem uma visão. Confie na sua também.

6. Muitos julgam o uso de filtros de cor e contraste nas fotos. Use-os quando quiser.
Difícil querer postar uma foto sem filtro, se você se sente bem com algumas alterações nela. Ninguém será mais mentiroso ou antiético se fizer isso. Certas fotos ficam lindas com tons mais azulados, com um brilho mais forte ou em preto e branco. Não seja tão rígido consigo mesmo, pois alguns podem não se agradar com suas fotos, mas se você estiver satisfeito com elas, isso irá atrair outros com gostos semelhantes aos seus.

instaa7
“Ninguém descurtiu esta foto”

7. Você quer comemorar seus 200 seguidores, mas eles são como ondas do mar: vêm e vão.
Triste você estar prestes a agradecer pela atenção de 200 seguidores, e em 1h perceber que há 195, depois 198, depois 192. Normal, o instagram é dinâmico como a própria vida. Você não pode prender aqueles que te seguem para sempre, deixe-os. E liberte-se desses números, como eu estou tentando fazer, pois também é difícil criar confiança em si mesmo em uma rede social sem observar a cada instante a mudança nas curtidas. (Sejamos francos, isso acontece mesmo) Ao tornar-se indiferente a essa variação constante dos followers, você questionará seu desempenho observando outras coisas – com críticas construtivas em comentários, por exemplo.

instaa8
Se ao menos me dessem chance de agradecer

8. Não se renda às propostas tentadoras dos “Get Free Followers”.
Sim, pelo visto as pessoas ligam muito para esses números. Repito: liberte-se disso. Esses esquemas, pelo que imagino, não trarão nenhuma credibilidade à sua conta. Há modos mais honestos de fazer seu instagram crescer.

instaa9
Olha só que antiético… Ele está na faixa de pedestres

___

Algum tópico que o fez se identificar? Ou que achou absurdo?
Comenta (:

Fontes: We Heart It

~ Maíra Azevedo
22.11.2015 / Dois filhotinhos de pássaro cantam na varanda

Clique aqui para comentar sem precisar subir o post

Anúncios

Começando Outubro!

Bom dia a todos!! Outubro já está aqui (e quando você piscar, já será 2016…)

Este mês é muito complicado de encontrar novidades no mundo da beleza, pois todos estão voltados para o da moda com as Fashion Weeks. Do meio para o fim de Setembro, foi em New York, em Madrid, em Milão, agora está em Paris. Algumas blogueiras acompanharam pelo menos uma dessas semanas de desfiles (no instagram, você já deve ter notado). Quero muito comentar as roupas de vários designers, mas o tempo está atrapalhando um pouco. Muito em breve trago um novo The Lady-Like LookBook, para admirarmos novas maneiras de construir um estilo Lady-Like! //
Também adicionei uma nova categoria chamada “Compartilho”. Nela, eu escolho um tema qualquer e mostro várias maneiras de nos inspirarmos nele. Com o Red Velvet, foram receitas (maravilindas-quero-comer-tudo), e com as Donuts, foram peças de roupa, itens para celular etc. É uma liberdade que tenho para poder unir coisas aleatórias kkkk

____ Confira as novidades! ____

1. Com A Dama Aprendiz e os posts, o mais interessante que ocorreu foi eu ter feito um sobre estampa de margarida e, ao visitar a C&A nesse sábado, eu percebi a presença de algumas blusas com a flor. Antes do post, nunca tinha visto. Me senti feliz kkkkkk Eu estava falando de algo mais atual do que eu imaginava (já que nunca mais tinha encontrado em lojas físicas a tal estampa).

___

2. No insta @hairstyles, achei essas tranças com flores e resolvi adicionar ao blog. Além disso, as meninas estão com blusas ombro a ombro, que está ganhando corações de muita gente. Quem sabe a tendência não vira moda?

instaoutubro1

___

3. Por um triz eu não postei sobre a moda dos Bordados de Flores junto com a foto de um vestido perfeito da Ralph & Russo. Valorizo muito esse estilo mais romântico em roupas de festa. Quem estiver pensando em fazer/encomendar um vestido, tente ver se não pode adicionar flores nele!

floresralph

___

4. Paco Rabanne vai lançar uma nova frangrância, a Olympéa. Vi que há notícias a respeito desse perfume desde maio deste ano, mas não sei se já é vendido em lojas (físicas ou virtuais). Tem notas de jasmim e é amadeirado. Estou curiosa para sentir!

instapacorabanne

___

5. Não será lançado em Outubro, apenas em Dezembro, mas o batom da Mariah Carey com a M.A.C. é muito interessante! Um tom discreto com brilho, creio que nude com detalhes dourados. Será edição limitada, então quando estiver a venda, pense na possibilidade de comprar um!

mariahcarey

___

Para finalizar, eu encontrei um blog estrangeiro, The Seventh Duchess, e no instagram dele 10 dicas de como viver melhor foram postadas. Achei interessante porque concordo com a maioria. Alguns não sei se são necessários mesmo (como o chá verde), outros eu adoraria fazer, mas o curso (e, futuramente, o trabalho) não permite – como dormir 8 horas toda noite.

dicasparaviverbem

0 Calorias vazias/comidas processadas // 1 hora de exercício/leitura // 2 litros de água // 3 xícaras de chá verde/suco verde // 4 pausas mentais (e não-sei) // 5 coisas de que você é grato // 6 horas da manhã uma meditação // 7 minutos de risadas // 8 horas de sono // 9 mil passos diários (andar, exercitar-se) // 10 horas da noite o horário para dormir

___

Sim, foram poucas novidades ): A pesquisa foi fraca. Espero que novembro seja diferente!!

Fontes: Cada foto pertence ao instagram correspondente.
Foto de Mariah Carey: aqui

~ Maíra Azevedo
1º.10.2015 / Dia feliz!!!

Clique aqui para comentar sem precisar subir o post

Idiomas: Dicas para Começar

Boa tarde, leitores ❤ O post de hoje é looooongo, já aviso.

Creio que boa parte de vocês já devem ter entrado em aulas de idiomas, seja de inglês, francês, espanhol… Alguns permaneceram, outros acharam chato, outros não puderam continuar por um tempo e retornaram. As histórias são muitas, e acontecem com todo mundo. Porém, uma coisa é certa: aprender uma nova língua não é fácil.

Minha história em relação a estudar novas línguas foi assim:
1. Comecei inglês com 7 anos de idade no colégio, e só fui me focar no estudo aos 13 anos.
2. Entrei pro curso de francês com 12 anos, e saí com 16 anos (faltou o nível avançado).
3. Voltei-me ao alemão com 16 anos e saí com 17 anos para me focar totalmente no vestibular. Com 18 anos, eu fiz intercâmbio para a Alemanha por 6 meses.
4. Depois de voltar ao Brasil, ainda com 18 anos, descobri que a Prefeitura do Recife oferece cursos de russo em certos centros profissionalizantes. Eu entrei em um deles com 20 anos (este ano de 2015!).

Dicionarios1

Tortinhos, porém ainda estáveis!

A princípio parece absurdo, mas nao é. Eu segui algumas poucas regras (aprendi com a vida) que me fizeram me manter firme no estudo dos idiomas. Leia a seguir:

1. Aprenda Português

Parece óbvio, mas não é. Pegue uma língua qualquer e compare com outra. Pelo menos uma regra gramatical elas têm em comum. Seres humanos de várias culturas se assemelham em muitos aspectos, e a linguagem faz parte desse fator. Portanto, se você quer dominar parte de uma outra cultura, você precisa antes prestar atenção na sua. Não negligencie suas aulas de português do colégio.

2. Aprenda Inglês

Parece brincadeira, mas acredite: aprender a língua universal é muito necessário. Ela é a porta para o mundo. Mesmo que Mandarim seja falado por mais de um bilhão de habitantes e Espanhol seja o principal idioma de nossos vizinhos, o Inglês é considerado universal e você não pode fugir dele. Na Internet, nos produtos, na comunidade científica, por toda parte o idioma estará presente.
Bônus: Use as aulas do colégio e/ou da faculdade a seu favor. Elas podem ensinar bem, se você se forçar a escrever textos cada vez maiores e mais elaborados, a fazer a tarefa de casa (sim sim é importante), usar a internet em inglês para levar o estudo para casa etc. Funcionou comigo.

3. Confiante em Português e Inglês? Escolha a “raiz” para a terceira língua.

Raiz? Vou explicar de uma forma leiga, pois eu não sou da área de Letras (esses masters vão esclarecer suas dúvidas melhor do que eu).
Eu considero o Francês uma raiz, o Alemão outra raiz e o Russo uma terceira raiz. CALMA, não são raízes linguísticas de fato, são apenas uma classificação que criei para facilitar minhas escolhas.
Aprendi Francês, e isso me deu mais facilidade de entender espanhol e italiano (pelo menos na leitura). Aprendi Alemão, e o Holandês veio quase junto, por ambos são muito semelhantes, e também aprendi a fonética dos países nórdicos. Estou aprendendo Russo, e agora tenho domínio do alfabeto Cirílico, usado também nos Balcãs.
Entendem a força de uma língua? Quando você aprende uma, ela pode servir como base para aprender várias outras. Dependendo do seu gosto, você pode escolher entre uma dessas e continuar seus estudos.

Dicionarios2

O dicionário de bolso de alemão me acompanhou durante todo o Intercâmbio

4. Não desista do idioma só porque a aula é chata.

É um dos maiores problemas na hora de aprender. As aulas geralmente são paradas, sem muita descontração, e quando tentam melhorar, fazem atividade em grupo, que também são chatas. Eu não gostava das minhas aulas de francês… Eram sempre no sábado de manhã, e eu muitas vezes pensei em desistir. Mas quando você descobre que consegue ler avisos, livros, e tem um diálogo (mesmo sendo mínimo) com um nativo, você percebe o esforço sendo recompensado. Não desista por tédio, desista se não houver tempo para fazer aquilo, no máximo.

5. NÃO faça cursos visando melhorar o currículo. Faça por prazer.

Outro grande problema que leva a desistência é o interesse por trás das aulas. Aprender um idioma leva tempo – eu passei 6 anos no inglês só pra perceber que é necessário aprendê-lo, e 4 anos no francês, sem fazer o avançado – e quem quer um resultado imediato, para trabalhar, não aguenta a lentidão. Aprender exige um esforço físico, psicológico e emocional. E só o prazer vai mantê-lo nessa rotina.

6. Não se ache incapaz, seja por inteligência ou dinheiro.

Eu nao aprendi línguas da noite pro dia. Quando me veem com 20 anos e 4 línguas na mão, acham que sou superdotada e/ou muito rica. Não é bem isso. Minha família me estimulou a começar a aprender cedo, com o argumento de que quanto mais velho, mais devagar se aprende. E fiz tudo isso na paz e tranquilidade, enquanto meu cérebro ainda crescia e eu atingia a puberdade (joga essa fase pela janela, eu detestei essa fase mais que qualquer coisa da minha vida). Considera-se tão incapaz quanto uma criança ou um adolescente? A capacidade de nosso cérebro é incrível, portanto exija o máximo possível dele.
E sobre dinheiro: depois que descobri que a prefeitura fornece cursos de idiomas, percebi que há condições para várias pessoas tentarem aprender de graça. A questão é a inscrição ser pela internet e começar meia-noite … Quem não tem computador perde a oportunidade de ingressar nas aulas de inglês (as vagas lotam em 15 minutos). Mas o caminho mais difícil, que é o de a prefeitura fornecer oportunidades, já não está tão difícil assim. Vale a pena procurar saber se a prefeitura de sua cidade também tem esses cursos.


Se as dicas agradaram, posso fazer outro post mostrando como estudar línguas. E considerem o que escrevi, pois esses pensamentos me ajudaram muito!

Estude! Estude! Estude! Estude! :3

Imagens feitas por mim.

~ Maíra Azevedo
28.07.2015 / Chuva passageira e pouco frio